quinta-feira, 24 de abril de 2008

Quatro acordes e a verdade !!!


Todos nós ou a maioria já sonhamos em montar uma banda, fazer sucesso com o pessoal da faculdade, conquistar a menina que gosta, compor letras que todos em um bar possam cantar, ritmos que façam várias pessoas em uma festa pular.

Agora se nós mudássemos um pouco os cenários, ao invés da faculdade fosse o mundo, aquela menina fossem várias mulheres, o bar por estádios ou arenas e festas por verdadeiros concertos, esse é o dia a dia de uma grande banda de rock e não poderia ser diferente com a banda irlandesa U2, ou seria ?


Formada em 1976 por Bono ( Paul Hewson ) nos vocais e guitarra, The Edge ( David Evans ) na guitarra, piano e voz, Adam Clayton no baixo e Larry Mullen Jr. na bateria , na época verdadeiros meninos que nunca iriam imaginar que fossem se tornar verdadeiras lendas do rock mundial.

A banda já teve várias fases e inúmeras posturas em relação a música, no inicio era característico um rock cru, feroz, cheio de raiva e protesto que saiam das vozes e instrumentos dos rapazes, ficou claro nos quatro primeiros álbuns, três de estúdio e um ao vivo, Boy, October, War e Under a Bloody Red Sky ( este com as versões ao vivo ).Inúmeras canções mostram isso como Out of Control, primeiro hit da banda do álbum Boy passando por I Will Follow, depois vieram canções marcantes como Sunday Bloody Sunday e New Years Day ambas do álbum War.

O quarto álbum de estúdio da banda seria o The Unforgettable Fire produzido por Daniel Lanois e Brian Eno, criando um clima totalmente diferente do que havia sido apresentado antes pela banda, algo mais elaborado e experimental para época era posto em cena, músicas como Pride e Bad davam as caras para nunca mais saíram da mente das pessoas.


O quinto álbum de estúdio da banda foi um verdadeiro "boom" na vida dos U2 e definitivamente colocaria eles entre os maiores, surgiria o The Joshua Tree, um álbum esplendido com canções formidáveis capaz de captarem uma gama de sentimentos incomensuráveis. O álbum se inicia com uma música que até hoje é um dos se não o ponto mais alto do show que é Where The Streets Have No Name , passando por clássicos como I Still Haven’t Found What I’m Looking For, até chegarmos onde os corações das mulheres se derretem em With or Without You, passando por Bullet The Blue Sky, canção esta tocada em todos os shows desde seu surgimento entre outras inúmeras canções excepcionais que tocam definitivamente o coração e alma das pessoas.

Logo em seguida surge o Rattle and Hum álbum com influencia direta da música americana como o blues, dai surgiram canções como All I Want is You , Desire e Angel of Harlem, logo após o final da turnê Love Town Tour os U2 decidiram que iriam dar uma parada, um verdadeiro susto para os fãs seria este o final da banda ???

E quando parecia quase impossível inventar algo, diretamente da gelada Berlim surge o Achtung Baby que iria mudar os conceitos de música, um álbum ímpar musicalmente e visualmente, irônico, sarcástico era a cara da banda no momento, algo totalmente diferente, Bono iria trocar as botas e os suspensórios de couro dos anos 80 por óculos escuros e roupas pretas, um verdadeiro rock star.

O álbum é considerado por muitos o melhor da banda até hoje, músicas como One, The Fly, Until The End Of The World são apenas exemplos de marcas do álbum que logo em seguida originou uma verdadeira revolução no sentido de shows com a turnê Zoo TV, com palcos enormes, carros dependurados , vários telões onde Bono comandava a “programação” de sua rede de televisão.

Em seguida veio o álbum Zooropa, pegando um momento explendido da banda foi fácil este álbum funcionar, eles seguiram com a Zoo TV inserindo algumas músicas do álbum novo, sucesso garantido. Marca desta turnê eram os personagens encarnados por Bono, eram eles, The Fly um rock star, Mirrorball um pastor e Mcphisto um rock star decadente, todos no fundo criticando de certa forma a manipulação, os excessos do rock e o capitalismo.

O próximo seria o álbum POP, um álbum com inúmeras críticas positivas e negativas, um verdadeiro ponto de interrogação, adorado por muitos e odiado por outros. Um álbum feito digamos que as pressas já que o clímax megalomaníaco da banda não poderia esperar muito, com a turnê chamada POPMART, onde existia um telão gigante, um limão monstruoso do qual os integrantes saiam de dentro deste durante os shows, músicas como Please, Wake Up Dead Man são marcas da época.

Após um momento conturbado o U2 precisava de algo que funcionasse, que fosse quase que unânime principalmente para a mídia, foi ai que surgiu o All That You Can’t Leave Behind, álbum que foi um verdadeiro sucesso, estourando hits em cima de hits, como Beautiful Day, Stuck In a Moment, Elevation e Walk On, muitos dizem que foi o álbum que o U2 reencontrou sua essência mas acho que isto nunca foi perdido e sim moldado, usado de acordo com tempo. A banda ganhou vários prêmios durante este período e a Elevation Tour foi um verdadeiro sucesso.


Por fim o How To Dismantle An Atomic Bomb, o ultimo álbum de estúdio da banda, este vem com uma pegada forte, músicas como Vertigo, City Of Blinding Lights, All Because of You e Love and Peace or Else dão um toque rock’n roll ao álbum. Não poderia ser diferente a Vertigo Tour foi um sucesso estrondoso, marcada por grandes shows e uma postura como nunca vista antes do vocalista Bono em suas causas sociais que marcavam todos os shows em diversas canções.

A banda está aprontando e ajustando o seu próximo álbum que está previsto para o final do ano, no início do texto uma pergunta ficou em aberta e depois desta leve varrida na carreira destes quatro caras fica claro que sucesso e dinheiro não foram capazes de mudar a postura deles, posso considera-los verdadeiros heróis da resistência do rock’n roll, já que a grande maioria tiveram problemas com drogas, mulheres enfim, que levaram ao fim da banda ou a um desgaste descomunal e a mudança de formação, já eles se mantiveram firmes, sem os olofotes negativos da mídia com escandalos e afins sobre suas imagens.

Definitivamente os U2 são diferentes, 4 caras que com instrumentos e suas vozes lutam não só para comporem músicas brilhantes mas sim para tentar melhorar e alegrar o mundo.

1 comentários:

F.Parker disse...

Muito bom mesmo!

Apesar que tem que comer mt pra chegar no COLDPLAY. Mas realmente U2 é uma banda anormal, por ser tão boa quanto foi nos anos 80, e continua sendo nos anos 2000

BlogBlogs.Com.Br