sábado, 11 de outubro de 2008

Dimensão Dc: Lanterna Verde#1(Guerra dos Anéis)


A DC vem passando por uma crise em vários sentidos, as vendas caiem lá fora, e aqui não foi diferente. Porém a DC dá sua grande respirada com a saga dos Lanternas Verde, e inteligentemente a Panini fez com que a saga "Guerra dos Anéis" fique em uma só revista.

Vamos a um breve Review.

A saga começa com um ritmo eletrizante, mesmo em seu prólogo, questões entre o "Medo"(Parallax) e a "Força de Vontade"(Íon), que caracteriza cada um dos lados dessa guerra(Tropa de Sinestro e a Tropa de lanternas verdes).
A Narrativa é muito bem trabalhada, e diferente da maioria das grandes sagas, não há coisas sendo atropeladas, não há vontade de acabar rápido com a história, e nem muito menos de enrolar. As coisas acontecem num ritmo eletrizante e muito bem calculado.
Uma das estratégias mais tomadas hoje em dia é tentar fazer algo "épico", de proporções catastróficas, mas por causa do enrolamento com tie-ins e cronologias, as últimas grandes sagas apesar de terem um enredo "épico", não passam a sensação de caos e de descontrole, fazendo com que as decisões não sejam tão esperadas. Mas "Guerra dos Anéis" é diferente, justamente pelo fato de ser comandada por um único escritor, ela traz uma sensação se caos, de emoção, de total fascinação pelas situações.
Um outro destaque é a revitalização meio que perdida daquele pequena crônica contada por Alan Moore, quando Abin Sur vai no planeta das lágrimas, e acaba conseguindo várias previsões, que ao que parece estão sendo concluídas nessa super-saga.

Uma saga que pode tirar um pedaço da lua, ou pode ser um fracasso. Dependerá das próximas edições.
Mas com certeza é um dos melhores começos de sagas que eu já li!

1 comentários:

hiroshi disse...

Bacana... Essa saga é muito boa... Foi o q se salvou da DC do ano passado, pq a verdadeira grande saga do ano, a Contagem Regressiva, foi uma porcariazinha...

BlogBlogs.Com.Br