domingo, 13 de setembro de 2009

Mentes Brilhantes em série...

Ao longo dos anos, o conhecimento vem se valorizando de força assustadora, cada vez mais, existe uma super-valorização daqueles que sabem mais do que a população geral. Afinal, ser "nerd" ou "geek" está na moda, um exemplo é o grande sucesso da série "The Big Band Theory", que trás a tona todos os estereótipos de "nerdice". A cada ano, a valorização de personagens com mentes brilhantes vem crescendo cada vez mais, pessoas que conseguem pensa, ou notar aquilo que as outras não conseguem. Seria que enquanto nossas telenovelas(do Brasil) alimentam o sonho de ser rico, de milhares de brasileiros, as séries americanas estariam em outro patamar? Alimentando não só o sonho de ser rico e famoso, mas de ser inteligente e "superior" a maioria da população?

Um dos casos mais conhecidos, é do Doutor Gregory House, apesar de seu grande sucesso ser devido a sua personalidade sarcástica e irônica, vemos traços de grande brilhantismo, sendo um dos melhores médicos do país, além de ter uma grande capacidade de entender o comportamento humano. Muitas pessoas veem em si mesmo uma vontade oculta de ser um "House" alguns momentos, não ligar para as barreiras sociais, mas simplesmente fazer o que quiser, não ligando para a opinião geral.

Vindo de uma série mais nova, encontramos Doutor Bishop, de FRINGE, nesse caso entramos em um mundo mais para-psicológico e esquizofrênico, porém, sua capacidade intelectual faz com que milhares de pessoas se tornem grandes fãs da série.

Já em The Mentalist, a capacidade intelectual parece ultrapassar os limites humanos, Patrick Jane era uma pessoas que se passava por um vidente, porém ele não passava de um grande observador e mentalizador, após um incidente devido a sua "farsa", Patrick começa a trabalhar para a polícia, para solucionar crimes. A série é um banquete para analises de "comportamento humano", que trazem em seu personagem principal, uma grande capacidade de ler, prever e entender a mente humana.

Esses são apenas alguns dos milhares de exemplos na história, sobre "mentes brilhantes", a grande questão é, por trazerem tanta carga "psicológica" e "intelectual", as séries seriam logo de baixa audiência, restringida a um público menor, e mais "seleto". Porém, essa é a grande questão, guardando suas proporções, tanto House, Fringe e The Mentalist, são enormes sucessos, atingido dezenas de milhões de americanos.

O que nos faz pensar...enquanto nós(no sentido figurado) assistimos "Caminho das Índias", porque eles(Americanos) tem tanto? =/

4 comentários:

Fabiane Bastos disse...

Não subestime as novelas brasileiras, elas tem o seu valor só não são interessantes para vc!Assim como muita gente acha desiteressante os seriados americanos.

Todo produto cultural tem algo aprovetável. E só para ajudar na sua listinha. Devia mencionar o seriado Bones, pois acredito que este seja aquele que tem a maior população de gênios da TV.

A Dr. Brennan (o crânio mor da série) é acompanhada das mentes mais brilhantes em diversas áreas, Até os estagiários são gênios. Tenho pena do parceiro dela Seeley Booth o único "normal" da trupe. Embora seu dom natural para interpretar as pessoas durante os interrogatórios esteja acima da média.

Retiro o que disse, todos na série são gênios. O que, embora interessante, é muito improvavel na vida real, assim como as tramas das novelas brasileiras.

Anônimo disse...

Pode-se contestar a questão do interesse.

Agora as produções, roteiros e interpretações não podem ser comparadas, as novelas brasileiras são extremamente amadoras.

Aline disse...

Com certeza há uma grande diferença entre séries americanas e telenovelas brasileiras. Mas cada uma é feita buscando um público diferente. Eu sempre assisto Bones e várias outras séries, mas a minha avó, por exemplo, não consegue entender o que se passa nas séries, pois estas contam uma história inteira em apenas 40 e poucos minutos. E acho que é pelo envolvimento durante meses que as telenovelas ganham seu público. Se eu perco 1 (somente 1!) episódio de Lost, eu fico totalmente perdida. Mas se a minha avó passa uma semana inteira sem ver a novela das 8, não perde nada.

Capitão Brasil RADIOATIVO disse...

Concordo com as afirmações acima.Na verdade, só quero discordar dos meu colegas:P

BlogBlogs.Com.Br